terça-feira, 4 de junho de 2013

Não gosto de contar histórias. Não gosto de contar nada que envolva meus sentimentos, muito menos tentar entendê-los e fazer um resumo de tudo isso. Não acho legal gente que calcula sentimentos, não acredito e nem sigo todas essas teorias. Mas escrevo. Escrevo de uma forma tão confusa que nem eu mesma sei do que se trata. Escrevo pra manter vivo tudo aquilo que já não me faz mais sentido. A leveza de todas essas dúvidas, causam em mim tudo o que eu gosto de ser...

Nenhum comentário:

Postar um comentário